fbpx

Jogadores protestam após UEFA negar minuto de silêncio para vítimas da guerra

A UEFA não se manifestou sobre o assunto até o momento

Compartilhe

A UEFA (União das Associações Europeias de Futebol) negou pedidos para manter um minuto de silêncio antes do início da partida entre Israel e Polônia em homenagem às vítimas do atentado feito pelo Hamas em 7 de outubro. Em resposta, os jogadores sub-21 de ambas as seleções ficaram parados no primeiro minuto da partida em respeito às vítimas.

De acordo com o Times of Israel, o fato ocorreu na cidade polonesa Lódz, neste sábado (18). A UEFA não se manifestou sobre o assunto até o momento e também não apresentou uma explicação por recusar as homenagens, como fez nas categorias profissionais.

Leia também:  Preparador físico da seleção feminina de basquete é demitido após se posicionar contra aborto

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?