fbpx

Câmara dos Deputados terá bancada negra

Bancada Negra na Câmara
Aprovação não vai gerar custo à Câmara, por não demandar cargos, salas ou assessoria

A Câmara dos Deputados aprovou nesta semana o projeto que cria uma bancada que será composta por parlamentares negros e terá direito ao uso da palavra todas as semanas por cinco minutos, durante o período das Comunicações de Liderança, com o objetivo de expressar a posição dos integrantes.

A bancada poderá participar da reunião de líderes da Casa, com direito a voz e voto. Será formada por um coordenador-geral e três vice-coordenadores. Com a aprovação, a proposta irá para a promulgação. A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ), autora do Projeto de Resolução 116/23 junto com o deputado Damião Feliciano (União-PB) comentou que considera a bancada como um avanço na democracia racial. 

De acordo com o relator do projeto, Antonio Brito (PSD-BA), dos 513 deputados, 31 se declaram pretos e 91, pardos. Desta forma, a bancada negra irá representar 24% dos deputados federais, “revelando-se incontroversa a legitimidade de sua criação”. O relator acrescentou que a bancada não significará custo adicional para a Câmara, por não demandar cargos, salas ou assessoria. 

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Zema recebe medalha na Câmara por gestão em MG

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?