fbpx

Crise na Índia afeta exportação de arroz

A Índia responde por mais de 40% das exportações mundiais de arroz.
Arroz da Índia
Foto: Pille R. Priske/Unsplash

Compartilhe

A Índia ordenou a suspensão das exportações de sua principal categoria de arroz, uma medida que reduzirá pela metade os embarques do maior exportador mundial do grão. Analistas apontam que isso provocará mais inflação nos mercados globais de alimentos.

O governo indiano anunciou o veto à exportação do arroz branco não-basmati após os preços no varejo dentro do país subirem 3% em um mês. Isso porque chuvas de monções tardias, mas pesadas, causaram danos significativos às plantações.

A Índia responde por mais de 40% das exportações mundiais de arroz. Nesse sentido, os baixos estoques de outros exportadores significam que qualquer corte nos embarques pode inflar os preços de alimentos. Ainda mais impulsionados pela invasão russa da Ucrânia no ano passado e pelo clima instável.

Leia também:  Juiz suspende leilão da Conab para a importação de arroz, após ação de deputados gaúchos

A categoria impactada, arroz branco não-basmati e quebrado, foi responsável por cerca de 10 milhões de toneladas das 22 milhões de toneladas de exportações indianas de arroz no ano passado.

O governo esclareceu que o item parboilizado, que representou 7,4 milhões de toneladas das exportações em 2022, não foi incluído na proibição.

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?