fbpx

Zambelli sofre busca e apreensão com o aval de Moraes

Carla Zambelli é alvo de busca e apreensão
Em coletiva, a deputada negou todas as acusações e disse que provará inocência

A Polícia Federal realizou busca e apreensão na casa e no gabinete da deputada federal Carla Zambelli (PL), nesta quarta-feira (02). A PF apreendeu dois celulares, o passaporte da deputada e um HD. Enquanto no seu gabinete na Câmara, a Polícia Federal não levou nada. Questionada se teve algum contato com o ex-presidente Jair Bolsonaro, a deputada foi taxativa em sua resposta.

“Não tenho porque falar com ele, pois ele não tem nada a ver com isso”. Declarou a deputado. Durante a coletiva a deputada negou todas as acusações e que provará a sua inocência. O depoimento está marcado para a próxima segunda-feira (7).

Sobre a invasão ao seu gabinete a deputada declarou que “existe um regulamento aqui da câmara que diz que o gabinete só pode ser aberto pra busca e apreensão se tiver um advogado da câmara e a polícia legislativa. E a Polícia Federal por ordem do Alexandre de Moraes abriu meu gabinete sem a presença de nenhuma testemunha”.

Leia também:  TSE limita uso de Inteligência Artificial nas eleições de 2024

Ainda de acordo com a deputada essa invasão ao seu gabinete “fere o regulamento da câmara e deve ferir no devido processo legal também. Então isso vai ser feito um relatório pra aí a gente vai questionar isso na justiça”, finalizou a deputada.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?