fbpx

José Rainha depõe na CPI do MST, nesta quinta (3)

A ex-mulher de José Rainha é secretária parlamentar de Sâmia Bomfim (PSOL/SP)
José Rainha
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Compartilhe

A CPI que investiga o Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), ouve nesta quinta-feira (3) José Rainha Júnior, um dos líderes da Frente Nacional de Lutas. A intenção dos parlamentares é questioná-lo sobre sua participação nas ocupações de terras dos últimos anos. Os deputados Kim Kataguiri (União/SP), Rodolfo Nogueira (PL/MS) e Evair Vieira de Melo (PP/ES) apresentaram requerimentos para a audiência.

Em suas justificativas, Kataguiri e Evair Vieira de Melo citaram que José Rainha, ao lado de Luciano de Lima e Claudio Ribeiro Passos, “foram acusados de praticar extorsões contra produtores de terras invadidas na região de Presidente Prudente (SP)”. Já Rodolfo Nogueira lembrou que Rainha tinha vínculo com o MST e sua convocação “poderia buscar informações e esclarecimentos sobre suas ações e decisões”.

Leia também:  Gabinete Liberdade sugere Lei Anti-MST para municípios

A ex-mulher de José Rainha é Diolina Alves de Souza. Diolina é secretária parlamentar da deputada Sâmia Bomfim (PSOL/SP). desde 2022 e seus os proventos giram em torno de R$ 3.780,68 mensais. A deputada é uma das integrantes da base do governo Lula na CPI do MST. 

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?