fbpx

Copa feminina bate recordes de público

Copa feminina bate recordes de público
O interesse do público no futebol feminino vem crescendo também por conta da presença de influenciadores nas redes sociais

A Copa do Mundo feminina 2023 registrou, até o momento, o maior público de sua história. Tanto em transmissões, como também nos estádios, que tiveram aumento de 54% em relação à edição passada. De acordo com a FIFA, quase 460 mil torcedores assistiram, do estádio, aos 16 jogos da primeira rodada da fase de grupos do Mundial. A média de torcedores por partida, na Austrália e Nova Zelândia, foi de 28.721. As vendas ultrapassaram mais de 1 milhão de ingressos.

Nas transmissões, a Globo alcançou 16 pontos no Painel Nacional de Televisão (PNT), que mede a audiência da TV. A emissora foi líder de audiência durante a partida de estreia da Seleção Brasileira contra o Panamá. Cada ponto de audiência equivale a 268.083 domicílios ou 717.088 pessoas. Foi o maior alcance desde agosto de 2008 na faixa das 8h às 10h.

Por outro lado, na internet, a CazéTV, comandada pelo streamer Casimiro, registrou recorde mundial no YouTube em transmissões de futebol feminino, com mais de 1 milhão de aparelhos conectados simultaneamente na mesma partida.

Além disso, o interesse do público no futebol feminino vem crescendo muito por conta da presença de influenciadores do futebol e uma ampla divulgação na internet. Fred Bruno, do Desimpedidos, o próprio Casimiro e diversas outras vozes populares do esporte nas redes sociais vêm dando cada vez mais visibilidade para a categoria, que até pouco tempo atrás tinha dificuldade até para conseguir patrocínio.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?