fbpx

Vereadores de Joinville tentam golpe contra prefeito

A oposição acusa o prefeito de descumprir lei municipal

O prefeito de Joinville, Adriano Silva (NOVO), ficou a um voto de sofrer impeachment, após manobra da oposição na Câmara da cidade nesta terça-feira (4).

Adriano escapou do afastamento, por 8 votos a 7, com desempate feito pelo presidente da Casa, Érico Vinicius, que também é do Novo.

A pauta relâmpago surpreendeu vereadores da base, que não estavam sabendo da votação. A oposição acusa o prefeito de “descumprir a lei municipal ao não colocar displays com identificador de velocidade nos radares”.

Em nota, Adriano Silva disse que a licitação em questão foi feita dentro da legalidade. “O motivo apresentado foi uma denúncia feita sem nenhum embasamento e com foco em desqualificar nosso trabalho”.

Leia também:  Vereador Cryslan lança Portal de Transparência do próprio Gabinete

O prefeito de Joinville adicionou um link à nota que leva para o site da prefeitura para quem tem interesse em ver a licitação na íntegra.

“Lamento a irresponsabilidade daqueles que querem enfraquecer a democracia para atingir objetivos político-partidários e repudio a atitude daqueles que querem tomar o poder a qualquer custo”, lamentou.

Nota completa de Adriano Silva

“Na tarde de hoje, a manobra de um grupo com interesses expressamente políticos resultou em uma votação na Câmara de Vereadores, buscando o meu afastamento da Prefeitura de Joinville.

O motivo apresentado foi uma denúncia feita sem nenhum embasamento e com foco em desqualificar nosso trabalho. O documento questionava a licitação dos radares, que foi realizada por uma equipe de especialistas dentro da legalidade.

Leia também:  Vereador Cryslan lança Portal de Transparência do próprio Gabinete

Todo o processo licitatório está disponível no site da Prefeitura (https://www.joinville.sc.gov.br/editalpublico/consulta/cod_edital/3312/secretaria/11). Ele pode ser consultado e auditado por qualquer joinvilense, incluindo os representantes do legislativo, a qualquer momento.

Reforço que a transparência sempre foi um pilar fundamental em todas as atividades do nosso time frente à Prefeitura de Joinville e assim continuará sendo.

Lamento a irresponsabilidade daqueles que querem enfraquecer a democracia para atingir objetivos político-partidários e repudio a atitude daqueles que querem tomar o poder a qualquer custo.

Seguirei trabalhando por uma Joinville feita para as pessoas, honrando meu compromisso de construir uma política com honestidade e responsabilidade”.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?