fbpx

Lula discursa e elogia ditadores no Foro de São Paulo

No encontro, Lula cobrou união dos partidos de esquerda da América Latina e reclamou de disputas internas em movimentos aliados

Durante discurso de abertura do 26º encontro do Foro de São Paulo nesta quinta-feira (29), o presidente Lula (PT) afirmou sentir orgulho quando é chamado de comunista pela direita e elogiou ditadores.

No encontro, Lula cobrou união dos partidos de esquerda da América Latina e reclamou de disputas internas em movimentos aliados.

“Nós não temos tempo para ficar brigando por coisas menores. […] É muito melhor ter um companheiro da gente cometendo alguns equívocos para a gente poder criticar do que ter alguém de direita”, comentou Lula.

Lula aproveitou o evento para exaltar o ditador Fidel Castro, co-fundador do Foro de São Paulo. “É por isso que aprendi ao longo da minha vida a respeitar o companheiro Fidel Castro. Em toda relação que tive ele nunca deixou de fazer a crítica pessoalmente e não deixou de elogiar publicamente”.

Leia também:  Lula deixa Hamas orgulhoso e se afasta de Israel, após fala na Etiópia

O petista comentou sobre os embates entre esquerda e direita na América Latina. “A extrema direita nos trata como se fossemos terroristas. […] Ser chamados de comunistas, socialistas não nos ofende”, afirmou.

O Foro de São Paulo existe

O Foro de São Paulo é uma organização, fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, criada com o objetivo de unir partidos de esquerda da América Latina para discutir e definir projetos de poder.

Por muitos anos Lula e o PT tentaram esconder a existência do Foro de São Paulo, chamando opositores de conspiracionistas sempre que traziam o assunto à tona.

O encontro deste ano acontece em Brasília, entre os dias 29 de junho e 2 de julho, após três anos sem reuniões por conta da pandemia de covid-19.

Leia também:  Lula faz primeira viagem internacional de 2024, nesta terça (12)

Cerca de 124 partidos e movimentos socais integram a organização, entre eles o PT, PDT, PC do B, PCB e Cidadania; de países como Argentina, Venezuela, Nicarágua, Haiti, Cuba, entre outros.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?