fbpx

Lula não se compromete a indicar mulher ou negro para STF

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil
O presidente afirmou ainda que “não tem pressa” para indicar novo ministro

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, não quer se comprometer a indicar uma mulher ou pessoa negra para ocupar o recém-vago cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A declaração foi dada a jornalistas durante um café da manhã no Planalto na última quinta-feira (06/04). Ainda segundo o dirigente, não há pressa para preencher a vacância.

A movimentação acontece depois da aposentadoria concedida ao ministro Ricardo Lewandowski. Segundo Lula, ao afirmar as características da pessoa que vai indicar, ele estaria “criando um compromisso que eu não quero criar agora”. “Se vai ser negro, se vai ser negra, se vai ser mulher, se vai ser homem, sabe, é um critério que eu vou levar muito em conta na escolha”, disse.

Leia também:  Financial Times destaca corrupção e sensação de impunidade no Brasil

A única garantia é que o nomeado será alguém “altamente gabaritado do ponto de vista jurídico”. “A pessoa tem que ter uma compreensão dos problemas sociais desse país. A pessoa tem que conhecer a realidade desse país. Tem que ter um mínimo de sensibilidade social para ter uma postura dessa, porque é muita responsabilidade”, completou o petista.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?