fbpx

Moro reage após notícia de que PL estaria pedindo cassação de seu mandato na Justiça

Eleito senador pelo Paraná nas eleições de outubro, ex-juiz da Lava Jato criticou o deputado federal Paulo Eduardo Martins (PL/PR), que ficou em segundo lugar

O senador eleito Sérgio Moro (União/PR) criticou nas redes sociais a notícia de que o Partido Liberal (PL) estaria agindo visando cassar seu mandato conquistado em outubro.

“Soube pela imprensa que Fernando Giacobo, Presidente do PL/PR, e Paulo Martins, segundo colocado nas eleições paranaenses, ingressaram com ação buscando cassar meu mandato de Senador. Anote esses nomes. Maus perdedores que resolveram trabalhar para o PT e para os corruptos”, criticou. [1]

O ex-juiz também afirmou que “nada teme” porque sabe da “lisura” de sua campanha e sugeriu que o PL atua para tentar o mandato “no tapetão”.

A campanha de Moro tem sofrido questionamentos devido à prestação de contas. Moro também apoiou Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das elições presidenciais [2]

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Senado debaterá vacina obrigatória da COVID-19 para crianças

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?