fbpx

Eleitor de Lula, Amoêdo critica viagem do presidente eleito em jato de empresário

Fundador do Partido Novo e ex-candidato ao Planalto afirmou nas redes sociais que ato "é um absurdo"; Amoêdo passou a enfrentar duras críticas dentro do partido após declarar voto no petista nas eleições presidenciais e teve sua filiação suspensa

O empresário João Amoêdo, um dos fundadores do Partido Novo, criticou nas redes sociais a viagem do ex-presidente Lula (PT) à COP 27, no Egito, utilizando a aeronave particular de um empresário.

Mesmo tendo sido eleitor declarado de Lula, o ex-candidato à presidência da República em 2018 disse que o ato “é um absurdo”.

“A viagem de Lula no jato de empresário – condenado ou não – é um absurdo. Aqueles que admiram o presidente eleito, e têm esperanças de que ele faça um bom governo, deveriam criticar os seus erros e não ignorá-los”, reclamou, sem esclarecer, no entanto, se seria ele quem admirava o petista.

Contexto

Lula foi ao evento em aeronave que seria do empresário José Seripieri Jr., dono da QSaúde e que, de acordo com o jornal “O Globo”, foi preso na Lava Jato. Ainda segundo o jornal, Seripieri teria feito um acordo com a PGR e aceitado pagar uma multa de R$ 200 milhões.

Leia também:  Lula faz primeira viagem internacional de 2024, nesta terça (12)

Amoêdo, por sua vez, desde que surpreendeu seguidores declarando voto em Lula, vem enfrentando críticas dentro do NOVO. Recentemente, sua filiação partidária foi suspensa. [1][2]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?