fbpx

NOVO decide suspender filiação de João Amoêdo

Fundador e ex-presidente do partido, Amoêdo já vinha em um longo processo de desgaste interno devido a críticas contra mandatários e contra a gestão partidária; nas últimas semanas, a situação piorou com a declaração de voto em Lula (PT), ato que foi criticado por grande parte dos liberais e correligionários

O Partido Novo anunciou na manhã desta quinta-feira (27) a suspensão da filiação de João Amoêdo.

Fundador e ex-presidente do partido, Amoêdo deve ter a filiação suspensa “até o encerramento do processo disciplinar aberto contra ele por possíveis violações estatutárias […] com base no art. 21, II, combinado com o §2º”, afirmou o NOVO.

O artigo mencionado prevê a possibilidade de suspensão em caso de “risco de dano grave e de difícil reparação à imagem e reputação do NOVO”.

Como noticiado pelo Boletim da Liberdade, Amoêdo – que concorreu ao Planalto em 2018 pela sigla – vinha enfrentando fortes críticas internas desde que declarou voto em Lula (PT) no segundo turno. Amoêdo é também um costumaz crítico a Jair Bolsonaro (PL).

Leia também:  Lula faz primeira viagem internacional de 2024, nesta terça (12)

Segundo o comunicado enviado pela sigla à imprensa, o processo na Comissão de Ética Partidária (CEP) “segue seu curso respeitando rigorosamente as determinações estatutárias e o pleno direito de defesa”.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?