fbpx

Grande doador de campanhas defende ‘providência séria’ contra Amoêdo

Salim Mattar destacou que não é filiado ao NOVO, mas criticou posicionamento de fundador do partido a favor de Lula
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Compartilhe

Um dos maiores doadores para campanhas eleitorais de todo o país e ex-secretário de desestatização do governo Bolsonaro, Salim Mattar defendeu nas redes sociais alguma “providência séria” contra João Amoêdo.

Como noticiado pelo Boletim da Liberdade, o fundador do NOVO declarou voto em Lula (PT), ainda que com críticas, em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo” neste sábado (15).

“Não sou filiado ao partido, mas alguma providência séria deveria ser tomada de imediato”, escreveu.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral levantados neste domingo (16) pelo Boletim, Salim Mattar doou mais de R$ 4 milhões para diversos candidatos Brasil afora apenas nas eleições de 2022.

Leia também:  Camozzato tem 9,1% de intenções de voto para prefeito de Porto Alegre

Entre os beneficiados, estão nomes como Tarcísio Freitas, Ricardo Salles, Marina Helena, Onyx Lorenzoni e Felipe Rigoni.

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?