fbpx

Kajuru propõe tornar inelegível quem divulgar fake news sobre o processo eleitoral

Senador de Goiás apresentou projeto de lei sobre o tema

O senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) destacou a importância do projeto (PLP 120/2022), de sua autoria, que torna inelegível para todos os cargos quem formular, replicar e divulgar notícias falsas sobre as urnas eletrônicas e o processo eleitoral brasileiro.

Em pronunciamento em Plenário nesta terça-feira (30), ele explicou que o projeto nasceu da constatação de que notícias sem fundamento têm favorecido candidatos e partidos na campanha, aqui e em outros países.

— O mais grave é que a campanha em curso no Brasil tem um objetivo nítido: questionar a legitimidade dos seus resultados e abrir caminho para a complacência com soluções de força e violência política. Quem não aceita as regras do jogo não deve jogar — afirmou.

Leia também:  Senado discute isenção do IPVA a veículos com mais de 20 anos nesta terça

Para ele, a geração de dúvidas sobre o processo eletrônico de votação no Brasil faz lembrar o complexo de vira-lata, a posição de inferioridade em que o brasileiro já se colocou diante do mundo.

— Tenho a certeza de que, no futuro, a urna eletrônica, nascida de uma ideia do Juiz Eleitoral Carlos Prudêncio, será referência mundial e dela teremos orgulho — disse.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?