fbpx
PUBLICIDADE

Justiça autoriza que Cunha, mesmo cassado, concorra nas eleições

Defesa do ex-presidente da Câmara alegou, entre outros pontos, vícios jurídicos no processo de cassação e que ampla defesa foi prejudicada
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, atualmente no PTB, obteve decisão favorável na Justiça Federal para disputar as eleições de 2022. [1]

PUBLICIDADE

Até então, o parlamentar estava com os direitos políticos suspensos após sua cassação na Câmara dos Deputados, em 2016.

Em agravo de instrumento, Cunha recorreu contra decisão anterior que havia lhe negado antecipação de tutela para a suspensão do trecho da pena aplicada pela resolução da Câmara.

PUBLICIDADE

Os advogados de Cunha argumentaram, entre outros pontos, que o processo que levou à cassação do então deputado federal possuiu diversos vícios, inclusive quanto à ilicitude das provas, prejudicando seus direitos constitucionais, incluindo a ampla defesa.

Leia também:  SP: Poit pergunta a Tarcísio sobre papel de Cunha

Na decisão, assinada pelo desembargador Carlos Augusto Pires Brandão, é reiterado ainda que “em cenário de Estado de Democrático de Direito, conforme predito, a efetivação dos direitos políticos do agravante será, de alguma forma, avaliada diretamente pela soberania popular, mediante o exercício do direito de voto”.

O magistrado também destacou que justifica a tutela provisória o “perigo de dano” porque, sem decisão favorável, haveria “impossibilidade atual de participação do pleito eleitoral que se avizinha”.

PUBLICIDADE

Eduardo Cunha, político com histórico no Rio de Janeiro, pretende disputar o cargo de deputado federal por São Paulo. No cenário nacional, ganhou destaque por ter sido o presidente da Câmara dos Deputados que abriu o processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?