fbpx
PUBLICIDADE

Oposição protocola pedido do abertura de CPI do MEC

Segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), "existem indícios que esse esquema de corrupção tenha tentáculos no Palácio do Planalto" e a investigação precisa ser protegida de intervenção
Foto: Pedro França/Agência Senado
PUBLICIDADE

O senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP) protocolou nesta terça-feira (28) um pedido de abertura de CPI no Senado para investigar o escândalo de corrupção no MEC.

PUBLICIDADE

No ato de protocolo, o senador – que foi um dos protagonistas da CPI da Pandemia, em 2021 – afirmou que conseguiu reunir 30 assinaturas e que, em breve, o requerimento poderá superar os 32 signatários.

“É um requerimento robusto, mostrando que há um desejo no Senado de que esse esquema escandaloso que se instalou no Ministério da Educação tenha uma séria investigação. […] Como é do conhecimento de todos vocês, a investigação em curso conduzida pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal está sob forte intervenção e forte ameaça”, afirmou Randolfe.

PUBLICIDADE

O parlamentar da Rede também sugeriu algumas das frentes que a CPI, se criada, deve atacar. Entre elas, o questionamento sobre o porque de o ex-ministro Milton Ribeiro não ter sido transferido para Brasília mesmo tendo, segundo Randolfe, a Polícia Federal uma aeronave disponível.

“Em circunstâncias normais, não necessitaria de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, mas nas circunstâncias dessa investigação, [sim]. É que ela está sob ameaça, ameaça de intervenção do sr. presidente da República e do sr. Ministro da Estado da Justiça. […] Essa CPI se impõe sobretudo por isso, para que a investigação continue. Quem tem que ter proteção é a investigação, não os bandidos que assaltaram e estão assaltando o Ministério da Educação”, acusou Randolfe, que complementou sua fala dizendo que há “existem indícios que esse esquema de corrupção tenha tentáculos no Palácio do Planalto”.

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?