fbpx
PUBLICIDADE

‘Na política, moderação é não enxergar o adversário como inimigo’, diz cofundadora do Movimento Trevo

Boletim da Liberdade entrevistou ao vivo Juliana Benício e Andreia Onorato, cofundadoras de ONG que se proporá a defender a moderação
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados
PUBLICIDADE

O Boletim da Liberdade realizou uma transmissão ao vivo nesta quinta-feira (2) com o tema “Em tempos de polarização, o que é ser moderado?”.

PUBLICIDADE

A live contou com uma entrevista com a engenheira e professora Juliana Benício e a pedagoga Andreia Onorato, ambas cofundadoras do Movimento Trevo, que será lançado oficialmente neste sábado (4) no Barra Shopping, do Rio de Janeiro, e que se destinará à promoção da moderação política no debate público.

“A tendência do ser humano é ser extremista. O extremismo é uma zona de conforto, onde a gente não encontra opinião divergente, não encontra o contraditório”, explicou Benício.

PUBLICIDADE

Segundo ela, “a prática da política da moderação é tirar a gente da zona de conforto para a gente encontrar um caminho mais virtuoso da sociedade”.

“Na verdade, a moderação, no campo individual, tem a ver com a busca pela lucidez. Quanto mais você se abre ao contraditório, você busca a verdade para aquele problema ouvindo opiniões diferentes, você reflete, expande a sua consciência, e consegue também encontrar uma solução mais eficiente. No campo político, é enxergar o adversário não como um inimigo, mas como alguém que pode ajudar a expandir a sua consciência e a enxergar o problema de uma forma diferente”, destacou.

Andreia Onorato, por sua vez, pontuou que a ideia de criar o movimento veio do momento em que “perceberam que estávamos sofrendo, não apenas como indivíduos, mas como sociedade, com a radicalização”.

PUBLICIDADE

“A gente estava incomodada com isso. Hoje, nós temos diversos movimentos que estão buscando minimizar essa polarização, mas a gente não percebe soluções, luz no fim do túnel. […] Isso é algo que está no dia a dia, no nosso cotidiano, e a política é um retrato da sociedade”, disse.

Ao longo da live, foram abordados temas como reforma política, a influência do algoritmo das redes sociais e frentes práticas que o Movimento Trevo pode ter.

Entrevistaram Onorato e Benício o jornalista Gabriel Menegale, do Boletim da Liberdade, e o advogado Abner Vellasco, da CVH Advogados, apoiadora cultural do encontro.

PUBLICIDADE

Assista, abaixo, na íntegra:

Entre em nossos grupos do WhatsApp para continuar tendo acesso às nossas notícias, incluindo um balanço semanal do principal que foi publicado. É gratuito. Clique aqui.

Aproveitamos para te convidar a assistir abaixo a nossa última transmissão ao vivo em nosso canal do YouTube tendo como tema petróleo, polêmicas e soluções:

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?