fbpx

Suprema Corte dos EUA pode mudar entendimento sobre aborto

Hoje de maioria conservadora, mais alta corte dos Estados Unidos poderá mudar entendimento da década de 70

O site norte-americano “Político” divulgou no fim da noite desta segunda-feira (2) que a Suprema Corte dos Estados Unidos poderá, em breve, rever a decisão que permitiu a legalização do aborto do país.

O direito é reconhecido aos americanos desde 1973 em decorrência do caso “Roe vs. Wade”. Na ocasião, foi chegado ao entendimento, em linhas gerais, que a interrupção da gravidez faria parte do direito à privacidade previsto na Constituição. [1][2]

A especulação sobre o novo posicionamento da corte surgiu após a divulgação do que seria a versão preliminar de um voto do ministro Samuel Alito. Nele, o magistrado teria admitido que já haveria maioria na corte para um novo entendimento.

Leia também:  G20 começa nesta quarta-feira (21) no Rio de Janeiro

Diferente de 1973, quando havia 5 ministros progressistas e 4 conservadores, hoje a composição da Suprema Corte norte-americana é de 6 conservadores e 3 progressistas, segundo levantamento do portal “Poder 360”.

Confira aqui o voto preliminar de Alito divulgado.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?