fbpx
PUBLICIDADE

Presidente do Senado fala em ‘função social’ da Petrobras

Político mineiro também defendeu que a diretoria da empresa tenha "sensibilidade social" e "mecanismos próprios" para "reverter o lucro para a própria população"
Foto: Marcos Brandão/Senado Federal
PUBLICIDADE

Em meio à alta dos combustíveis, o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD/MG), criticou em entrevista coletiva em Minas Gerais a alta lucratividade da Petrobras e falou em “função social” da estatal.

PUBLICIDADE

“A Petrobras tem hoje uma lucratividade na ordem de três vezes mais do que os seus concorrentes. […] Óbvio que é muito bom que isso aconteça, mas isso não pode acontecer sob o sacrifício da população brasileira que abastece os seus veículos ou que precisa do transporte coletivo”, avaliou. [1]

Na sequência, Pacheco pontuou ainda que “nós vamos buscar exigir da Petrobras a sua participação enquanto uma empresa com participação da União e que tem uma função social”.

PUBLICIDADE

Leia também:  Petrobras anuncia lucro líquido elevado e crescimento consistente no primeiro trimestre

O parlamentar também defendeu que a diretoria da estatal tenha “sensibilidade social”.

“O lucro é muito importante para a empresa, assim como a remuneração dos diretores também o é, mas é muito importante que ela possa eventualmente reverter esse lucro muito acima da média para a própria população através de mecanismos próprios para isso”, opinou.

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?