fbpx
PUBLICIDADE

Globo sugere incorretamente que Família Imperial recebe imposto

Informação imprecisa publicada no portal de notícias da Globo associa, ainda, Dom Bertrand de Orleans e Bragança à cobrança do tributo
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Uma matéria publicada na noite desta sexta-feira (18) no G1, portal de notícias da TV Globo, afirma que existem “impostos recolhidos pela família Orleans e Bragança” no município de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e associa o hipotético tributo com Dom Bertrand de Orleans e Bragança, um dos herdeiros de Dom Pedro 2º e conhecido defensor da restauração monárquica. A informação publicada pelo G1 é imprecisa.

PUBLICIDADE

Em primeiro lugar, o laudêmio – nome correto para o “imposto” a que a matéria se refere – na verdade não tem vinculação com o Poder Público. A taxa é de natureza privada e a cobrança é feita apenas no processo de transferência imobiliária (compra e venda, sobretudo) de parte das propriedades do município.

A taxa remonta à origem do terreno que compõe parcela do município de Petrópolis: uma fazenda que pertencia aos bens assumidos como particulares de Dom Pedro 1º e à antiga tradição de se ceder terras a terceiros em troca do direito de cobrar essa taxa perpetuamente.

PUBLICIDADE

Dom Bertrand (Foto: Reprodução/Twitter)

A prática da cobrança do laudêmio, contudo, não é exclusiva em Petrópolis. Outras regiões do país, como algumas áreas costeiras, também pagam laudêmio para o governo brasileiro.

A segunda informação imprecisa publicada pela matéria do G1 diz respeito aos usufrutuários da taxa. Em vez de abranger todos os descendentes de Dom Pedro 1º, o laudêmio é um benefício explorado pela Companhia Imobiliária de Petrópolis, uma empresa privada controlada por apenas alguns herdeiros do antigo Imperador  – e cujas quotas podem ser comercializadas.

A parte da Família Imperial que tradicionalmente é aceita como legítima pretendente ao trono pelos monarquistas, também conhecida como “Ramo de Vassouras”, por outro lado, não usufrui do laudêmio. É justamente neste ramo que está Dom Bertrand de Orleans e Bragança, mencionado na matéria. Ele é o 2º na linha sucessória de pretendentes, atrás apenas de Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?