fbpx
PUBLICIDADE

Remuneração média da Petrobras é de R$ 25 mil, diz relatório; veja de outras estatais

Documento do Ministério da Economia traz um panorama individualizado das estatais federais
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O Ministério da Economia divulgou em janeiro um relatório de benefícios das empresas estatais federais praticados ao longo de 2021. Ao todo, segundo o documento, 453,91 mil brasileiros são diretamente subordinados às companhias.

PUBLICIDADE

Além de esmiuçar os detalhes das políticas internas de cada empresa, o documento traz um panorama, individualizado por estatal, com dados relativos à remuneração dos colaboradores. Confira, abaixo, alguns dos números revelados:

Petrobras

Número de Empregados: 48.274
Maior remuneração: R$ 145.184,00
Menor remuneração: R$ 1.541,00
Remuneração média: R$ 25.164,00

PUBLICIDADE

Correios

Número de Empregados: 98.101
Maior remuneração: R$ 50.080,00
Menor remuneração: R$ 1.327,00
Remuneração média: R$ 4.266,00

Banco do Brasil

Número de Empregados: 95.120
Maior remuneração: R$ 50.570,00
Menor remuneração: R$ 3.022,00
Remuneração média: R$ 8.379,00

Leia também:  Em primeiro ato, novo ministro fala em desestatização da Petrobras

Caixa Econômica Federal

Número de Empregados: 83.752
Maior remuneração: R$ 58.833,00
Menor remuneração: R$ 3.000,00
Remuneração média: R$ 10.961,00

PUBLICIDADE

BNDES

Número de Empregados: 2.501
Maior remuneração: R$ 76.790,00
Menor remuneração: R$ 3.940,00
Remuneração média: R$ 31.070,00

EBC

Número de Empregados: 1.861
Maior remuneração: R$ 47.532,00
Menor remuneração: R$ 2.595,00
Remuneração média: R$ 10.572,00

Leia o documento na íntegra clicando aqui.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?