fbpx

Lindbergh ‘acusa’ NOVO de apoiar Lei da Liberdade Econômica em todo o Brasil

Ex-senador e atual vereador pelo PT no Rio de Janeiro reclamou que o partido quer aplicar a visão ideológica 'ultraliberal' em cada casa legislativa
Foto: Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Compartilhe

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou em primeira votação na última sexta-feira (3) um projeto de lei que regulamenta a liberdade econômica municipal.

Entre outros detalhes do debate, chamou atenção a fala do vereador e ex-senador Lindbergh Farias, do PT. [1]

“O Partido Novo tirou como decisão em todas as Casas Legislativas apresentar esse projeto: a Lei da Liberdade Econômica. Eles estão tentando transformar a visão ideológica deles em lei em cada município, em cada estado, no governo federal”, lamentou o petista.

Na sequência, Lindbergh disse que “na verdade, o Partido Novo defende a Escola Austríaca de Economia, von Mises, Friedrich Hayek, uma turma ultraliberal em termos econômicos”.

Leia também:  Dallagnol desiste de concorrer a prefeitura de Curitiba

Críticos à esquerda do projeto enxergam que a Liberdade Econômica, nos moldes propostos, acaba limitando o poder regulador do Estado da economia.

No Rio, o vereador Pedro Duarte (NOVO/RJ) e o prefeito Eduardo Paes (PSD) são favoráveis à iniciativa, que tentou avançar, sem sucesso, na última legislatura.

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?