fbpx
PUBLICIDADE

‘Nação democrática não pode ter orçamento secreto’, diz d’Avila

Pré-candidato à presidência pelo NOVO se manifestou contrário ao modelo de distribuição de verba do orçamento sem a devida transparência; projeto que reformula medida será votado no Congresso
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Pré-candidato à presidência da República pelo Partido Novo, Felipe d’Avila sustentou nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (29) que “nação democrática que preza a liberdade não pode ter orçamento secreto”.

“Todos queremos saber como o nosso dinheiro é gasto pelo governo. ‘Orçamento secreto’ significa usar o dinheiro do povo para fazer coisa errada. Se fosse coisa certa, não precisava ser secreto”, criticou. [1]

O assunto voltou à tona nesta semana porque, ainda nesta segunda (29), deve ser deliberado pelo Congresso Nacional um projeto que aborda o pagamento de verbas, assunto que já foi alvo de medida liminar do Supremo Tribunal Federal (STF).

PUBLICIDADE

Para opositores, as chamadas emendas do relator são uma forma de o governo cooptar apoiadores no Congresso, o que feriria a impessoalidade na administração pública.

Compartilhe essa notícia:

APOIO

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?