fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro promete ENEM com ‘a cara do governo’

Declaração do presidente no Oriente Médio surge após denúncias e demissão de servidores que atuavam no INEP, órgão do Ministério da Educação
Jair Bolsonaro (Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

De viagem ao Oriente Médio, o presidente Jair Bolsonaro disse a jornalistas na última segunda-feira (15) que as questões do próximo ENEM deverão ter “a cara do governo”.

PUBLICIDADE

“Ninguém precisa ficar preocupado, [pois] aquelas questões absurdas do passado, que caíam tema de redação que não tinha nada a ver com nada [acabaram]… Realmente, [será] algo voltado para o aprendizado”, prometeu. [1]

Previsto para ocorrer entre os dias 21 e 28 de novembro, o ENEM 2021 voltou à pauta após o pedido de demissão de servidores que atuavam no INEP, órgão do Ministério da Educação que organiza o Exame Nacional do Ensino Médio.

PUBLICIDADE

De acordo com reportagem feita pelo “Fantástico”, da TV Globo, os servidores que pediram para sair do MEC denunciaram que estava havendo “pressão” para se alterar algumas questões da prova. [2]

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Bolsonaro deve se filiar ao Partido Liberal, diz emissora

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?