fbpx
PUBLICIDADE

Arthur do Val apresenta projeto para criar ‘Programa Jovem Capitalista’

Deputado estadual ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) defende a inclusão de disciplina sobre empreendedorismo e educação financeira na rede estadual de ensino
Foto: Divulgação/ALESP
PUBLICIDADE

Uma de suas promessas de campanha quando concorreu à Prefeitura de São Paulo em 2020, o deputado estadual Arthur do Val (Patriota/SP) apresentou no final de outubro na ALESP um projeto de lei (728 / 2021) para instituir, agora no nível estadual, o que chamou de “Programa Jovem Capitalista”. [1]

PUBLICIDADE

A iniciativa visa incluir no currículo do Ensino Médio da rede estadual de ensino uma disciplina que versaria sobre “o ingresso, participação e promoção de atividades empreendedoras no mercado, além de noções sobre planejamento financeiro e participação em mercados de capitais e investimentos”.

Entre os eixos de empreendedorismo, seriam destinados aos alunos conteúdos sobre perfil pessoal e vocacional, estudos sobre novas tecnologias, mercado de trabalho, gestão de negócios e noções de ética.

PUBLICIDADE

Leia também:  MBL rejeita Alckmin e negocia palanque com Moro, diz coluna

O criador do canal “Mamãe Falei” e ativista do Movimento Brasil Livre defendeu, ainda, o ensino introdutório sobre conceitos básicos de economia, de orçamento pessoal, de planejamento financeiro e de noções sobre investimentos para os estudantes secundaristas.

“A difusão de conhecimentos não somente serve para a formação de cidadãos conscientes, mas para também os prepara para o mercado de trabalho, independentemente dos ofícios os quais queiram exercer”, avaliou Arthur do Val, na justificativa.

No texto, o deputado destacou ainda que, com a introdução desses temas na grade escolar, o cidadão acabaria qualificado para “continuar capaz de, em uma sociedade capitalista, sustentar-se independentemente”.

“A competência de empreender é uma qualidade libertadora em um mundo globalizado, pois com ela o indivíduo consegue planejar e escolher seu próprio futuro abrindo a si mesmo oportunidades de trabalho. Dessa forma, com noções de empreendedorismo e educação financeira, o aluno pode transformar seus objetivos pessoais em uma realidade futura, idealizando-os como objetivos de seu perfil vocacional mais facilmente”, conclui a justificativa.

Leia também:  'Nós mudamos a história da impunidade', diz Moro em congresso do MBL

Confira, abaixo, o programa na íntegra:

Projeto de Lei – Jovem Capitalista
Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?