fbpx
PUBLICIDADE

Moro se reúne com líderes de partidos antes de cerimônia de filiação

Ex-juiz e ex-ministro está dialogando com lideranças de diferentes partidos e está à frente dos demais prováveis postulantes da Terceira Via em intenções de voto
Sérgio Moro, ex- ministro da Justiça e Segurança Pública (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

O ex-juiz Sérgio Moro, com sua filiação marcada no Podemos para o próximo dia 10, se reuniu com líderes de diferentes partidos políticos em Brasília nesta sexta-feira (5). O PSDB, o NOVO, o Cidadania, o PSL e o próprio Podemos integraram a sequência de conversas. [1]

PUBLICIDADE

Embora não afirme abertamente, Moro é amplamente cotado para ser pré-candidato à presidência da República em 2022. A filiação é uma etapa importante nesse processo e as reuniões são um passo para o estabelecimento de relações políticas que ele precisará costurar.

No almoço, Moro se reuniu com Bruno Araújo, presidente do PSDB. Encontrou-se com Eduardo Ribeiro, presidente do NOVO, e com o pré-candidato do partido ao Planalto, Felipe d’Avila. O Cidadania se encontrou com Moro nas figuras do deputado federal Alex Manente e do senador Alessandro Vieira.

PUBLICIDADE

Leia também:  Lula pontua menos em segundo turno contra Moro, diz pesquisa

Na sequência, houve um encontro com parlamentares do Podemos e com a cúpula do PSL, que integra a fusão com o DEM, dando origem ao novo partido União Brasil. Porém, segundo O Globo, os deputados do PSL não querem passar a imagem de que apoiam a candidatura de Moro e cancelaram um novo jantar agendado para quarta-feira.

O presidente do Partido Novo, Eduardo Ribeiro, afirmou que o partido manterá “diálogo aberto com todas as frentes da Terceira Via”, isto é, com os nomes que postulam a prerrogativa de desafiar o ex-presidente Lula, a quem Moro condenou no âmbito da Operação Lava Jato, e o presidente Jair Bolsonaro, com quem atuou como ministro. [2]

Nas pesquisas mais recentes, ainda sem o anúncio oficial de uma pré-candidatura, Moro aparece com 8% das intenções de voto. Ele está à frente dos demais nomes que disputam a liderança da Terceira Via. O possível candidato já vem ouvindo especialistas e procurando “rascunhar” uma equipe. [3]

Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?