fbpx

Brasil começa a acolher juízas afegãs fugitivas do Talibã

Ao todo, 30 afegãos já chegaram ao país e devem buscar o pedido oficial para se tornarem refugiados definitivos; associações de magistrados auxiliaram o processo

O Brasil começou a receber, no final de outubro, um conjunto de magistradas afegãs que fugiram do país do Oriente Médio com a tomada de poder do grupo radical Talibã. [1]

Ao todo, segundo a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), foram mais de 26 cidadãos – afegãs e seus maridos – que já desembarcaram no país. Eles ficarão inicialmente em Brasília e buscarão o pedido de refúgio definitivo no país. [2]

O resgate das magistradas ocorreu em operação sigilosa que contou, de acordo com o jornal “O Globo”, com o apoio de organizações como a Associação de Magistrados do Brasil (AMB) e da Associação Internacional de Juízas. A Fundação Banco do Brasil também está recolhendo recursos para auxiliar as magistradas.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?