fbpx
PUBLICIDADE

Presidida por deputado do NOVO, frente critica furo do teto de gastos

Na avaliação da Frente Parlamentar Mista pelo Brasil Competitivo, presidida pelo deputado federal Alexis Fonteyne (NOVO/SP), manter o teto "é uma questão de confiança"
Foto: Divulgação/Câmara
PUBLICIDADE

A Frente Parlamentar Mista pelo Brasil Competitivo, presidida pelo deputado federal Alexis Fonteyne (NOVO/SP), criticou em nota a possibilidade de se quebrar o teto de gastos, como sugerido pelo ministro Paulo Guedes para a implementação do Auxílio Brasil com piso de R$ 300.

PUBLICIDADE

“O teto é um importante mecanismo para controlar os gastos públicos federais. Graças a ele, pela primeira vez na história, um governo terá, ao final da gestão, um gasto primário inferior ao obtido no início do mandato. Em 2021, a despesa representará 19% do PIB. Ao fim de 2018, esse percentual era de 19,3%”, ressaltou o comunicado.

A entidade também destacou que falar em teto de gastos não é apenas tratar de questão “econômica e contábil”. “A preservação do teto de gastos é uma questão de confiança”, diz o grupo.

PUBLICIDADE

Leia também:  Lindbergh 'acusa' NOVO de apoiar Lei da Liberdade Econômica em todo o Brasil

“A adoção de práticas populistas e o uso político do orçamento encarece o crédito e trava o desenvolvimento. O país precisa de estabilidade para retomar o crescimento e a confiança dos investidores estrangeiros, ávidos por aplicar seus recursos em economia com regras estáveis e transparentes”, afirma o grupo.

“[A] Frente não está contrária à criação de um programa social que acolha as pessoas que ficaram para trás por conta da pandemia do novo coronavírus. A Frente Parlamentar pelo Brasil Competitivo entende, contudo, que a eventual necessidade de assistência social deve caber dentro do atual regime fiscal, através da revisão de gastos e da aprovação de reformas estruturais que possam abrir espaço fiscal pela eficientização da máquina pública”, conclui o texto.

Leia também:  Deputado do NOVO vai ao lançamento de Moro e defende união da terceira via
Nota FPBC contra PEC precatórios (1)
Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?