fbpx
PUBLICIDADE

Ministério da Economia diz que alterar teto de gastos não basta para auxílio a caminhoneiros

Presidente da República afirmou que, ao longo de um ano, impacto orçamentário será de R$3,6 bilhões, mas a fonte dos recursos não foi informada
Esteves Colnago (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

Novo secretário de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago afirmou nesta sexta-feira (29) que as medidas que o governo e o Congresso estão negociando para flexibilizar o teto de gastos não deverão ser suficientes para o auxílio prometido pelo presidente aos caminhoneiros em 2022. O valor seria de R$400 mensais. [1]

PUBLICIDADE

“Essa política está além do Ministério da Economia”, ele disse em relação à promessa de Jair Bolsonaro à categoria, com o pretexto de compensar a alta do preço do diesel. “O que nós estamos falando aqui é que temos R$ 91 bilhões de espaço no teto de gastos para o próximo exercício”, esclareceu.

No entanto, ele se comprometeu a colaborar com as intenções do presidente: “Nós entendemos que essa é uma preocupação do presidente, do Congresso e da sociedade. Então, obviamente, isso vai ser olhado dentro da composição de como eu vou utilizar esses recursos”, complementou.

PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro vem insistindo, depois de ameaças de greve, em sua intenção de pagar o auxílio a cerca de 750 mil caminhoneiros autônomos. Ele afirmou que o impacto orçamentário em 2022 seria de R$3,6 bilhões, mas a fonte dos recursos para a iniciativa não foi informada.
Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Bolsonaro promete ENEM com 'a cara do governo'

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?