fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro reage em pergunta de humorista sobre rachadinha

Presidente Jair Bolsonaro confrontou o humorista André Marinho ao vivo no programa "Pânico", que agora também é exibido na Jovem Pan News, emissora de televisão que estreou nesta quarta-feira (27)
Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro reagiu negativamente à participação do humorista André Marinho nesta quarta-feira (27) no programa “Pânico”, exibido na rádio Jovem Pan e também na TV Jovem Pan News.

PUBLICIDADE

Em sua pergunta, Marinho – cujo pai, Paulo Marinho, foi um dos principais apoiadores de Bolsonaro em 2018, mas atualmente são rompidos – deu uma indireta ao governo Bolsonaro e perguntou ao presidente se “rachador tem que ir para a cadeia ou não”.

“Eu tenho uma denúncia muito mais importante aqui, pessoal, de uma prática que está acontecendo direto no meu Rio de Janeiro, onde eu nasci, onde ele [Bolsonaro] militou na política, que são vários deputados nos seus gabinetes – PSD, PSOL, PT – que estão ali roubando a torto e a direito salário de assessor e botando no próprio bolso. Desviando dinheiro público. E o PT, inclusive, que é o campeão desse ranking de peculato. Então, presidente, eu pergunto: rachador tem que ir para a cadeia, ou não?”, perguntou.

PUBLICIDADE

Leia também:  'O limite à liberdade de expressão é a justiça', diz pré-candidato do Partido Novo

Em resposta, Bolsonaro disse que não iria “aceitar provocação” e que o pai do humorista tem interesse na cadeira do senador Flávio Bolsonaro por ser suplente.

“Ô Marinho, você sabe que eu sou presidente da República, eu respondo pelos meus atos, tá ok? Só não vou aceitar provocação tua e você recolha-se, aí, ao teu jornalismo… não vou aceitar. O teu pai é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu não vou discutir com você ou eu acabo a entrevista agora aqui. Eu decidi com o Flávio indicar o teu pai para a primeira suplência. Eu tinha confiança nele. Não tem mais conversa contigo”, pontuou.

Em réplica, André Marinho, que também é irmão da cantora Giulia Be, disse que o presidente é “tigrão com humorista e tchutchuca com o STF”.

Leia também:  Barroso atende pedido e suspende portaria polêmica do Ministério do Trabalho

Assista:

Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?