fbpx
PUBLICIDADE

STF determina prisão de Allan dos Santos, diz jornal

Decisão do ministro Alexandre de Moraes inclui pedido para adicionar nome do ativista de direita aliado do presidente Jair Bolsonaro na lista da Interpol
(Foto: Reprodução)
PUBLICIDADE

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou a prisão preventiva do ativista Allan dos Santos, dono do canal “Terça Livre”. A informação foi publicada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” nesta quinta-feira (21) e repercutida em outros veículos. [1][2]

PUBLICIDADE

De acordo com a publicação, a decisão é do dia 5 de outubro. Como encontra-se residindo nos Estados Unidos, haveria, inclusive, pedido de extradição, com direito à inclusão do ativista na lista de procurados da Interpol.

Allan dos Santos é investigado no âmbito do inquérito das fake news e das milícias digitais e suspeito de agir de forma coordenada para difamar e atacar instituições democráticas, inclusive o próprio Supremo.

PUBLICIDADE

Leia também:  Após longa espera, Alcolumbre pauta sabatina de André Mendonça

Ele também foi citado em recente relatório da CPI da Pandemia. O “Terça Livre” e um conjunto de websites ligados à mídia alternativa com viés à direita é suspeito de divulgar conteúdos falsos relativos a tratamentos precoces sem evidência científica.

Nas redes sociais, o senador Renan Calheiros (MDB/AL) celebrou o pedido de prisão de Allan dos Santos.

“Apoiamos a prisão e a extradição do Allan dos Santos determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. É a primeira prisão de um dos indiciados da CPI. Fake News, como sustentamos no relatório, também matou muitos brasileiros”, disse no Twitter. [3]

Desde antes da eleição, Allan dos Santos é apoiador do presidente Jair Bolsonaro, relação que se intensificou após o presidente assumir o poder, inclusive com a sede de seu site em Brasília. Ele também é próximo de Olavo de Carvalho.

Compartilhe essa notícia:

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?