fbpx
PUBLICIDADE

Mercado reage após fala de Guedes sobre furar teto de gastos

Ministro da Economia, em declaração, havia sugerido que seria possível ter "licença para gastar" mais do que o teto para financiar Auxílio Brasil
Paulo Guedes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

O mercado reagiu negativamente à controversa declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que seria possível furar o teto de gastos para financiar o valor de R$ 400 para o Auxílio Brasil, novo programa do governo federal em substituição ao auxílio emergencial. [1][2]

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (21), o Ibovespa tem apresentado queda, o que, na prática, significa queda no valor da maior parte das empresas negociadas na bolsa brasileira.

Além disso, houve consequência na taxa cambial. O dólar subiu, sendo negociado a R$ 5,69 até a publicação desta matéria, como reportou o jornal “Folha de S. Paulo”. [3]

PUBLICIDADE

A possibilidade de se gastar mais do que o necessário é o que divide o governo federal. A pauta também vem enfrentado críticas de liberais, que prezam pela responsabilidade fiscal.

Compartilhe essa notícia:
Leia também:  Guedes vai à Câmara se explicar sobre offshore, mas nega detalhar patrimônio a deputados

Obrigado por ter lido até aqui.

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

MARCAS APOIADORAS

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?