fbpx

CNN toma decisão definitiva sobre Alexandre Garcia

Ex-jornalista da TV Globo insistia na defesa e na divulgação de remédios não comprovados para a Covid-19 em seu espaço na emissora

A CNN Brasil anunciou na noite desta sexta-feira (24) a demissão do jornalista Alexandre Garcia de seus quadros.  [1]

O fato ocorreu no mesmo dia em que, outra vez, o ex-global defendeu, sem provas, que os remédios pertencentes ao chamado tratamento precoce “salvaram milhares de vida”, informa o portal “UOL”.

Na ocasião, Garcia foi corrigido pela jornalista Elisa Veeck, que ressaltou, em nome da emissora, “que não existe um tratamento precoce comprovado cientificamente para prevenir a covid-19” e que a ciência recomenda “o uso de máscaras e a vacinação”. [2]

Em nota, a CNN Brasil comunicou que “a decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada”.

“A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo”, conclui a nota.

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?