fbpx
PUBLICIDADE

Na ONU, Bolsonaro menciona manifestações do dia 7 de setembro

Presidente também destacou em seu discurso a adesão dos brasileiros à vacinação, mas frisou que o governo se coloca de forma contrária a 'qualquer obrigação em relação à vacina'
Foto: Reprodução/YouTube
PUBLICIDADE

Em seu discurso na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas na manhã desta terça-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro mencionou os atos ocorridos no dia 7 de setembro de apoio ao governo.

PUBLICIDADE

“Milhões de brasileiros de forma pacífica e patriótica foram às ruas, na maior manifestação de nossa história mostrar que não abre mão da democracia, das liberdades individuais e do apoio ao nosso governo”, descreveu.

No início do discurso, o presidente ressaltou que mostraria um país diferente daquele que era mostrado na mídia e mencionou diversos dados econômicos e da preservação da natureza.

PUBLICIDADE

O presidente também mencionou o avanço da vacinação. Ele citou que 90% da população adulta já teria recebido, pelo menos, a primeira dose, mas ressaltou sua visão em defesa da liberdade individual de não se vacinar.

Leia também:  Em liminar, Justiça proíbe União de 'atentar contra a dignidade' de Paulo Freire

“Até novembro, todos os que escolheram ser vacinados no Brasil serão atendidos. Apoiamos a vacinação, contudo, o nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada à vacina”, disse.

O presidente também mencionou “o apoio ao tratamento precoce” e disse não entender “porque muitos países, juntamente com grande parte da mídia, se colocaram contra o tratamento inicial”.

“Como demonstrado, o Brasil vive novos tempos. Na economia, temos o melhor desempenho entre os emergentes. Meu governo recuperou a credibilidade externa e hoje se apresenta como um dos melhores destinos para os investimentos. É nessa Assembleia Geral que vislumbramos um mundo com mais democracia, liberdade e paz. Que Deus abençoe a todos”, concluiu.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?