fbpx
PUBLICIDADE

Liberais celebram aprovação da cannabis medicinal em comissão da Câmara

Com votação apertada, projeto de lei de 2015 teve substitutivo aprovado na comissão especial que se dedicou ao tema; esquerda e liberais votaram juntos e aos protestos de conservadores
Plenário da Câmara dos Deputados (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Os defensores da cannabis medicinal têm um motivo para comemorar. A comissão especial da Câmara dos Deputados que estava debruçada sobre o tema aprovou nesta terça-feira (8) o parecer favorável à aprovação do projeto.

Em tese, por estar em caráter conclusivo, isso significaria que o texto poderia ir direto para o Senado. Mas um grupo de parlamentares recolhe assinaturas para que a pauta seja votada no Plenário.

Ao todo, o texto-base do projeto obteve, de acordo com o site da Agência Câmara, 17 votos favoráveis e 17 votos contrários. O voto decisivo veio do relator, o deputado federal Luciano Ducci (PSB/PR).





De acordo com o substitutivo aprovado na Câmara, o cultivo da cannabis medicinal poderá ser feito apenas por pessoas jurídicas, como empresas, ONGs e associações de pacientes. Além disso, serão proibidos o uso de cigarros, chás e outros itens derivados. [1]

Nas redes sociais, diversos grupos e personalidades liberais destacaram a aprovação. O Livres, que veio se empenhando no tema, rotulou a aprovação na comissão especial como uma “vitória da liberdade” e celebrou os votos positivos dos deputados Tiago Mitraud (NOVO/MG) e Alex Manente (Cidadania/SP), ligados ao grupo.

A reação contrária de grupos conservadores também despertou comentários de liberais.

“Do jeito que os deputados bolsonaristas falam, parece que não existe maconha no Brasil, e só passará a existir se aprovar o PL que regulamenta a produção de cannabis para fins medicinais. Ou falta noção de realidade ou sobra hipocrisia”, disse Mitraud.





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama