fbpx
PUBLICIDADE

Senadores denunciam colunista para Polícia do Senado

Eduardo Girão, do Podemos, e Luiz Carlos Heinze, do PP, foram classificados por colunista do jornal "Folha de S. Paulo" como pertencentes a um grupo que visa "tumultuar a investigação" da pandemia; jornalista enxerga tentativa de intimidação
Em pronunciamento, à bancada, senador Eduardo Girão (Podemos-CE). (Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)
PUBLICIDADE

Os senadores Eduardo Girão (Podemos/CE) e Luiz Carlos Heinze (PP/RS) denunciaram à Polícia do Senado o colunista Celso Rocha de Barros, do jornal “Folha de S. Paulo”. Eles se sentiram vítimas de calúnia e injúria em artigo escrito pelo sociólogo no jornal paulista.

PUBLICIDADE

No texto, publicado originalmente no dia 9 de maio, Barros havia classificado os parlamentares como membros de “um grupo de senadores que buscam (sic) tumultuar a investigação [da pandemia] mentindo sobre medicina”.

Em uma analogia ao “Escritório do Crime”, grupo criminoso do Rio de Janeiro conhecido por execuções sumárias, o sociólogo batizou esse mesmo grupo de parlamentares como “Consultório do Crime”.

PUBLICIDADE

De acordo com o divulgado na edição desta quarta-feira (26) da “Folha de S. Paulo”, Celso de Barros foi procurado pela Polícia do Senado para prestar um depoimento aos investigadores.

Leia também:  Bolsonaro toma decisão sobre projeto de moderação das redes sociais

Contudo, em petição assinada por seus advogados, teria se recusado a falar observando que não seria atribuição da Polícia Legislativa “investigar supostos delitos contra a honra de senadores”. Ao jornal, o colunista teria opinado que a ação visaria “intimidá-lo”.

Também à “Folha”, o senador Eduardo Girão defendeu-se. Ele afirmou que defende a liberdade de expressão e que considera críticas “legítimas e saudáveis”, mas que “quando extrapolam para acusações levianas e difamatórias, precisam ser devidamente apuradas em nome da justiça e da verdade”. [1][2]

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?