fbpx
PUBLICIDADE

Presidente e ministros marcam presença em manifestação em Brasília

Manifestantes se mobilizaram para criticar, no centro da capital do país, a CPI da Covid, a atuação do Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional
Presidente Jair Bolsonaro, acompanhado de diversos ministro participa de manifestação organizada pelo movimento agricola brasileiro. Fabio (Foto: Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

Uma manifestação próximo à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, declarou apoio ao governo de Jair Bolsonaro neste sábado (15). O presidente da República, a cavalo e acompanhado de ministros, marcou presença no ato e saudou os manifestantes. [1]

PUBLICIDADE

Ao lado de Bolsonaro, estavam o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o do Turismo, Gilson Machado, e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. O ato, denominado “Marcha da Família Cristã pela Liberdade” e crítico à CPI da Covid-19, foi organizado pelos movimentos Brasil Verde e Amarelo e Marcha da Família Cristã. [2] [3]

Os manifestantes atacaram o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, gritando que ele é “vagabundo”. O adjetivo é o mesmo que o também senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) empregou para atacar o relator em discussão na última quarta-feira (12).

PUBLICIDADE

Leia também:  Políticos esperam decisão de André Mendonça, diz jornal

Os manifestantes também tiveram como alvos o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional. O secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia, e o deputado Hélio Lopes (PSL-RJ), popularmente conhecido como Hélio Negão, também participaram da manifestação. [4]

Os organizadores do ato alegam que suas pautas incluem a aprovação do voto impresso, a defesa da liberdade de culto e da inviolabilidade dos templos, o direito ao trabalho, uma CPI para investigar desvio de verbas por governadores e a oposição ao projeto que tenta legalizar a maconha.

“Não há dúvida de armação política de um grupo que não está satisfeito com sua gestão [de Bolsonaro]. São as mesmas pessoas que estão tentando impedir que ele governe, que apoiaram que o STF (Supremo Tribunal Federal) pudesse intervir na covid, dando poder aos estados, e que querem condená-lo na CPI”, alegou Wellington Macedo, um dos coordenadores da manifestação. [5]

Leia também:  Secretário de Cultura quer vetar 'passaporte de vacinação' em museus da União

“Vocês estão reescrevendo a história do Brasil. Em vocês, nós confiamos. Não é vocês que estão comigo. Eu estou com vocês. Esse é um governo democrata que respeita seu povo e ama a liberdade”, declarou o presidente Jair Bolsonaro para os manifestantes. [6]

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?