fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro oficializa Roberto Campos Neto como presidente do Bacen até o fim de 2024

Lei aprovada no início do ano que garantiu a autonomia do Banco Central estabelece mandatos para o presidente e para diretores da instituição, podendo reduzir a interferência política no banco
Presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, durante cerimonia de sanção da Lei da Autonomia do Banco Central (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro nomeou nesta terça-feira (20) o nome do economista Roberto Campos Neto para o primeiro mandato de presidente autônomo do Banco Central. [1]

PUBLICIDADE

De acordo com a lei aprovada em fevereiro, os novos presidentes do Banco Central não podem mais ser demitidos livremente, mas apenas sob determinadas condições específicas e com aprovação do Congresso.

A exemplo do que ocorre com outros países, a ideia é que, dessa forma, o controle monetário do país sofra menos interferência política.

PUBLICIDADE

Com a nomeação, Roberto Campos Neto assume o mandato que terminará no dia 31 de dezembro de 2024, podendo, portanto, presidir o BC durante dois anos do próximo presidente, caso Bolsonaro não seja reeleito.

Além de Roberto Campos Neto, Bolsonaro confirmou a nomeação de sete diretores do Banco Central. Eles também cumprirão mandatos com tempo pré-fixado.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama