fbpx

EUA: Governo Biden toma decisão sobre ‘passaportes de vacinados’

Informação foi confirmada pela própria secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki
Foto: David Lienemann / Wikimedia

Compartilhe

A expectativa de controle da pandemia de Covid-19 com a ascensão da vacinação tem gerado discussões sobre a conveniência de se adotar documentos distinguindo cidadãos imunizados daqueles que não o foram. Nos Estados Unidos, no entanto, iniciativas como essas não devem contar com o apoio oficial do governo Joe Biden. [1]

Em declaração à imprensa nesta sexta-feira (6), Jen Psaki, secretária de imprensa da Casa Branca, salientou que o governo federal “não está apoiando agora, nem vai apoiar” um sistema “que exige aos americanos portar uma credencial”.

“Não haverá base de dados federal de vacinações, nem ordem federal exigindo que todos obtenham uma única credencial de vacinação”, afirmou.

Leia também:  Hayek College abre processo seletivo para dupla graduação em Brasília e nos Estados Unidos

O posicionamento de Biden, democrata, vai ao encontro do defendido pelos republicanos. Nesta terça-feira (6), o governador do Texas, Greg Abott, proibiu agências do governo estadual ou empresas privadas com contratos com o governo de realizarem qualquer tipo de discriminação. Sem desvalorizar a importância da vacinação, o político defende a voluntariedade do ato. [2]

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?