fbpx
PUBLICIDADE

Boate liberal em São Paulo é fechada pela Polícia

Bahamas Club, do empresário Oscar Maroni, estaria promovendo aglomeração de pessoas sem máscara; local é conhecido por ser frequentado por garotas de programa
Boate Bahamas (Foto: Reprodução/Google Street View)
PUBLICIDADE

A conhecida boate Bahamas, do empresário Oscar Maroni, situada na capital paulista, foi fechada por equipes de fiscalização do governo de São Paulo acompanhadas pela polícia no início desta quinta-feira (18).

PUBLICIDADE

De acordo com a informação, publicada originalmente pelo G1, o estabelecimento estaria desrespeitando medidas restritivas impostas pelo governo de São Paulo. No local, estariam, supostamente, funcionários e clientes sem usar máscara.

A boate Bahamas é conhecida por ser um ponto de encontros de garotas de programas na capital paulista. No passado, o empreendedor Oscar Maroni chegou a ser condenado por exploração da prostituição mas, em 2013, foi inocentado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

PUBLICIDADE

Atualmente, informa o G1, o local funciona com autorização da prefeitura como se fosse um hotel e prestador de serviços. No Brasil, a prostituição não é crime, mas a exploração da prostituição é.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama