fbpx
PUBLICIDADE

‘A gestão não está boa’, avalia aliado de Bolsonaro na Câmara

Um dos parlamentares mais fortes ligados à Igreja Universal na Câmara dos Deputados promove discurso com crítica ao governo Bolsonaro, uma possível sinalização de racha na base de apoio
Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Marcos Pereira (Republicanos/SP), professor e bispo licenciado da Igreja Universal, instituição que é associada à base de apoio do presidente, avaliou em entrevista ao site “Jota” nesta segunda-feira (15) que a gestão no combate à pandemia “não está boa”.

“Muito me preocupa, e a todos nós brasileiros, a forma como a gestão dessa crise sem precedentes está sendo conduzida. Não me parece a melhor forma possível de conduzir uma crise, a gestão não está boa, eu acho que nós precisamos do país, no menor espaço de tempo possível, imunizar as pessoas e a única forma para isso é com a vacina”, disse Pereira.

O político também criticou a “politização do tema”. “Ao meu ver, o governo federal errou e os governos estaduais também erraram. Infelizmente, no erro desses dois níveis de poder, quem acabou perdendo foi a população. Bom seria que a gente não estivesse pensando em 2022 quando a gente tratasse do tema da pandemia”, comentou.





Cenário para 2022

Na mesma entrevista, Pereira avaliou que, no cenário atual, enxerga que “apenas Lula pode vencer Bolsonaro e apenas Bolsonaro pode vencer Lula”, não acreditando no surgimento de outro nome competitivo para as eleições de 2022.

Sobre o campo econômico, analisou que não “vê [como] a entrada de Lula possa macular a agenda econômica”. “Não obstante possa beneficiar o governo Bolsonaro, é uma agenda do país. Veja você: a reforma tributária se debate nesse país há mais de 30 anos. E temos agora a possibilidade de avançar ao menos numa simplificação, uma unificação dos tributos federais, estaduais e municipais”, exemplificou.





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama