fbpx
PUBLICIDADE

Bolsonaro critica Facebook e sugere ser ‘certo’ fechar grandes jornais

Presidente reclamou de suposta censura que tem sofrido do Facebook e mencionou ideias para ampliar taxação das plataformas digitais, mas voltou a criticar grandes veículos de comunicação em declaração controversa
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro denunciou nesta segunda-feira (15) que sofreu bloqueios em sua página no Facebook, o que teria afetado o recebimento de mensagens de outros usuários. [1][2]

PUBLICIDADE

No meio da crítica, no entanto, o presidente fez uma declaração controversa sobre alguns veículos de comunicação, afirmando que seria “certo” tirá-los de circulação.

“O certo seria tirar de circulação – e eu não vou fazer isso, porque sou democrata – Globo, Estadão, Folha de S. Paulo, Antagonista. São fábricas de fakenews”, acusou.

PUBLICIDADE

Bolsonaro também criticou a imprensa ao dizer que “não há uma reação da própria mídia, que fala tanto da liberdade de expressão”, denunciando as censuras das redes sociais.

“[A liberdade de expressão é] para eles, em grande parte, mentir com matérias, mas, para a população, é uma censura draconiana que não se admite”, disse.

Sobre o suposto bloqueio do Facebook, Bolsonaro afirmou que o governo federal poderia “junto com o Parlamento criar uma legislação para taxar mais ainda esse pessoal que paga muito pouco de imposto para operar dentro do Brasil e criando medidas para garantir realmente a liberdade de expressão”.

Reações

Em nota, a Associação Brasileira de Imprensa, formada por jornalistas e veículos de comunicação, lamentou a declaração. O grupo, no entanto, faz oposição declarada ao presidente.

PUBLICIDADE

“O presidente apenas verbalizou o que todo candidato a ditador tem na cabeça: a ojeriza a uma imprensa que não se subordine a ele”, diz o texto. [3]

Entidades liberais não se manifestaram ainda sobre o assunto até a publicação desta matéria.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama