fbpx
PUBLICIDADE

Itamaraty deve se juntar ao México e criticar censura nas redes

Cúpula dos líderes do G20 deve ocorrer no final de outubro em Roma, na Itália, e reunirá lideres dos 20 países mais ricos do mundo
Embaixador Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Embaixador Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)to
PUBLICIDADE

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil deve apoiar o México e endossar críticas no G20 às atuais políticas de bloqueio de contas de forma unilateral por parte das redes sociais.

PUBLICIDADE

Em janeiro, o presidente mexicano, López Obrador, havia criticado o bloqueio das redes do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que havia sofrido duras sanções do Facebook e Twitter.[1]

“Na ótima conversa com o chanceler Marcelo Ebrard, do México, ficamos de trabalhar juntos no G20 pela liberdade de expressão na internet – uma prioridade do Brasil desde o início do governo e mais ainda agora ante o risco de que as redes se tornem instrumento de controle social”, escreveu no último dia 2 o ministro Ernesto Araújo, no Twitter. [2]

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Você tem certeza que deseja cancelar sua assinatura?