fbpx
PUBLICIDADE

Lideranças do Partido Novo endurecem tom contra governo Bolsonaro

Candidato da sigla à presidência em 2018, o engenheiro João Amoêdo compartilhou manifestações de parlamentares pedindo o impeachment do mandatário nacional
João Amoêdo (Foto: Edilson Dantas / O Globo)

João Amoêdo (Foto: Edilson Dantas / O Globo)

Embora não se trate de uma unanimidade, diversas lideranças do Partido Novo mostraram um nítido endurecimento no tom contra o governo Bolsonaro nesta sexta-feira (15). O fundador e ex-presidenciável pela sigla, João Amoêdo, replicou as manifestações de algumas delas em sua página no Twitter.

O próprio João Amoêdo compartilhou publicações convocando para o panelaço que aconteceu em algumas regiões do país contra Bolsonaro no mesmo dia. Na visão de Amoêdo, “não podemos nos omitir. Chega de irresponsabilidade”. No mesmo dia, a vereadora do NOVO por São Paulo, Janaína Lima, se manifestou reivindicando o impeachment do presidente da República. [1] [2]





Em resposta aos comentários de internautas alegando que seus eleitores estariam arrependidos de elegê-la, Janaína afirmou: “Todos que concordam com as atitudes irresponsáveis do Bolsonaro, convido a deixarem de me seguir”. Amoêdo definiu a atitude da vereadora: “Essa é a atitude que deve ter todo mandatário do NOVO. Essa é a postura de uma política que não troca princípios por engajamento nas redes”.

Na mesma linha, a vereadora Cris Monteiro, também de São Paulo, convidou Bolsonaro a renunciar. “Bolsonaro, deixe a Presidência! Caso não aceite esse apelo de renúncia, eu peço que o Congresso abra um processo de impeachment contra esse homem vil que tanto mal tem feito ao nosso país”, exclamou a parlamentar. [3]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama