fbpx
PUBLICIDADE


Bolsonaristas criam ‘Instituto Conservador-Liberal’ inspirado na Heritage Foundation

Think tank conservador norte-americano é a fonte de inspiração para Eduardo Bolsonaro e o advogado Sérgio Santana, que afirmam que projeto da instituição nasce também para ‘corrigir erro de 2020’

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/YouTube

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) lançou, nesta terça-feira (8), mais uma instituição voltada à difusão do ideário conservador no país. O evento de lançamento ocorreu em um restaurante em Brasília com a presença de deputados federais alinhados à base do governo e outros apoiadores.

“Nossa união, aqui, tem que corrigir um erro que ocorreu nessa eleição de 2020, que foi a comunicação, a organização”, descreveu Eduardo, apresentando o advogado Sérgio Santana como “coração da iniciativa”. [1]


PUBLICIDADE



Para Santana, o lançamento da instituição representa um “momento importante para o movimento conservador brasileiro” e uma oportunidade de “agregarmos em prol de algo maior”.  “Faltava para a direita uma estrutura pela qual se pudesse trabalhar”, disse.

“Não é uma ideia original, pois muita gente já teve essa ideia. Mas decidimos fazer. Arregaçamos as mangas e viemos trabalhar. Já são meses trabalhando”, avaliou.

Em sua fala, Eduardo Bolsonaro relatou as viagens que fez em que conheceu inúmeras instituições ao redor do mundo e relembrou quando trouxe a CPAC para o Brasil. “Foi trazendo o evento para o país que surgiu a ideia do instituto”, descreveu.


PUBLICIDADE



“Nós queremos ‘copiar e colar’ a Heritage Foundation. A Heritage Foundation tem um orçamento milionário e, com isso, eles entram na guerra cultural. Lá, o fim não acaba na próxima eleição – ele é permanente. A gente quer transcender a questão da presidência do Jair Bolsonaro e dessa bancada de mais de 50 do PSL. Esse será nosso espaço para fazer livros, lançar cursos e, de repente, ter intercâmbio internacional na parte de liberdade religiosa e com universidades norte-americanas”, adiantou.

Fundada em 1972, a Heritage Foundation é um das principais instituições de viés conservador do mundo. Sediada nos Estados Unidos, funciona como um think tank, voltada a criar políticas públicas à direita no país. Seu orçamento anual é estimado em mais de 70 milhões de dólares.

Ao fim, o filho do presidente ressaltou que “o preço da liberdade é a eterna vigilância e ela nunca está a mais de uma geração de ser perdida”. “Se a gente não ensinar isso aqui para os nossos filhos, daqui a 20 anos acabou. Estamos vendo um domínio desde os anos 60 e 70 nas universidades com ideias gramscistas”, concluiu.

Liberal

Sobre o uso do termo “liberal” no nome da organização, o advogado Sérgio Santana afirmou que não se pode, no Brasil, admitir a perda do termo “para a esquerda, como ocorreu nos Estados Unidos”.

“Liberal, hoje, lá, é sinônimo de esquerdista. Essa narrativa não pode funcionar. Se alguém hoje luta pela liberdade no país, contra o Estado totalitário e contra o roubo de algumas autoridades, são esses deputados federais [do PSL] aqui na Câmara, é a direita, é o movimento conservador brasileiro. Não existe governo mais liberal na história do que o governo Jair Bolsonaro. Nosso nome é uma demonstração clara do que nós somos e do que nos orgulhamos”, disse.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.