fbpx
PUBLICIDADE

Conservadores criticam nas redes possível indicação de Kassio Nunes ao STF

Grupo levantou a hashtag "Conservador no Supremo Já" para demonstrar insatisfação com possível nomeação do desembargador Kassio Nunes para a cadeira de Celso de Mello
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Um grupo de influenciadores de viés conservador que apoiam o presidente Jair Bolsonaro criticou, nas redes sociais, as notícias de que o presidente já teria decidido quem indicar para o Supremo Tribunal Federal na vaga que será aberta com a aposentadoria do ministro Celso de Mello.

De acordo com o jornal O Globo e também apurado pelo jornal Folha de S. Paulo com interlocutores do presidente, a escolha teria sido em favor do desembargador Kassio Nunes – decisão essa que já teria sido, inclusive, comunicada a ministros da própria corte. [1]

Os veículos informam que a indicação teria contado com o apoio dos senadores Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ) e Ciro Nogueira (PP/PI), um dos expoentes do centrão fisiológico que, hoje, dá sustentação ao governo.





Nas redes, conservadores levantaram a expressão “Conservador no Supremo Já” entre as hashtags mais comentadas.

“Nós sabemos que o Supremo concentra um poder gigantesco, muito além do que deveria. Apesar de a população brasileira ser majoritariamente conservadora, não há nenhum ministro do Supremo conservador. Então, o mínimo que nós esperamos do presidente Bolsonaro é a indicação de um ministro conservador para a vaga que está abrindo agora”, disse Leandro Ruschel, ativista conservador que conta com mais de 400 mil seguidores no Twitter. [2]

Na sequência, Ruschel pontua que “esse é o momento de nos manifestarmos nas redes exigindo o mínimo”: “Se nós elegemos um presidente conservador, nós queremos um ministro conservador no Supremo”.

Outra personalidade que se posicionou publicamente sobre o assunto foi o deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC/PR). Ele também é favorável à indicação de outro nome para a corte.





“O Sr. Kassio Nunes não corresponde às necessidades do Brasil, pois segue o padrão atual da corte que tem sido epicentro de nossa instabilidade política. Um jurista de carreira densa, conservador e discreto é o que precisamos. Isso o Sr. Nunes não é. Espero que o PR repense”, escreveu o parlamentar. [3]

Quem também endossou a campanha pela nomeação de um conservador no STF foi o comentarista político Rodrigo Constantino, também presidente do conselho deliberativo do Instituto Liberal. Em uma curta publicação na noite desta quarta-feira (30), deixou a mensagem de apoio à ideia. [4]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama