fbpx
PUBLICIDADE

Amoêdo critica abstenção de parlamentar do NOVO em emenda sobre anistia

Fundador do partido e ex-candidato à presidência pela sigla afirmou que opção é "injustificável" e pontuou que "combate aos privilégios é um dos valores" do NOVO
João Amoedo (Foto: Reprodução / Site pessoal)

(Foto: Reprodução / Metropoles)

Fundador e principal liderança do Partido Novo, João Amoêdo criticou nas redes sociais nesta sexta-feira (11) a abstenção de voto do deputado federal Lucas González (NOVO/MG) na emenda que propôs a anistia de uma categoria de autuações passadas a igrejas. De acordo com estimativas, o montante que o governo poderia abrir mão, se a medida for sancionada, é de quase R$ 1 bilhão. [1][2]

De acordo com o divulgado primeiramente pelo jornal Folha de S. Paulo e conferido pelo Boletim da Liberdade, dos oito parlamentares da sigla, sete votaram contra a emenda e apenas González absteve-se.

Do campo da nova geração de parlamentares com inclinação liberal, o deputado federal Paulo Martins (PSC/PR) também foi favorável ao perdão. [3]





“A abstenção do mandatário do NOVO é injustificável. O combate aos privilégios é um dos nossos valores e está previsto nas normas partidárias. Como filiado serei sempre vigilante em relação a atuação dos nossos mandatários e candidatos buscando preservar a instituição”, escreveu Amoêdo.

Foto: Reprodução




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama