fbpx

Delegada que participou da Operação Lava Jato é exonerada do governo

Marena fez parte da equipe original que deu início à Operação Lava Jato, em 2014, e foi levada ao governo pelo ex-ministro Sérgio Moro, que desligou-se em abril; Deltan Dallagnol lamentou a exoneração
Foto: Sérgio Lima / SLIM

A delegada da Polícia Federal licenciada, Erika Marena, foi exonerada na última quarta-feira (24) do Ministério da Justiça. Ela ocupava o cargo de diretora do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, órgão vinculado à Secretaria Nacional de Justiça. [1][2]

Marena fez parte da equipe original que deu início à Operação Lava Jato, em 2014. É atribuída a ela, inclusive, o nome da operação. A policial havia sido levada ao Ministério da Justiça pelo ex-ministro Sérgio Moro, que desligou-se do governo em abril.

[wp_ad_camp_1]

Nas redes sociais, o procurador Deltan Dallagnol lamentou a exoneração e avaliou que ela “vinha fazendo um ótimo trabalho”.

“A delegada Érika Marena é uma das melhores policiais federais que conheci. Dedicação, iniciativa, conhecimento e experiência estão dentre suas muitas qualidades”, destacou. [3]

Leia também:  Bolsonaro pode ser preso? Juristas explicam
Foto: Reprodução/Diário Oficial

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?