fbpx
PUBLICIDADE


Amoêdo diz que Bolsonaro foi irresponsável em pedido a seguidores

O engenheiro e ex-presidenciável pelo Partido Novo se manifestou no mesmo dia em que um grupo invadiu área restrita de hospital

- Publicado no dia
João Amoêdo (Foto: Reprodução / Facebook)

O presidente da República Jair Bolsonaro pediu aos seguidores de suas redes sociais em transmissão ao vivo nesta quinta-feira (11) que filmassem o interior de hospitais de campanha para verificar se há leitos desocupados. O engenheiro João Amoêdo, do Partido Novo, acusou o presidente de ser “irresponsável”. [1]

“Seria bom você fazer na ponta da linha. Se tem hospital de campanha perto de você, hospital público… arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente está fazendo isso, mas mais gente tem que fazer para mostrar se os leitos estão ocupados ou não, se os gastos são compatíveis ou não”, havia sugerido o presidente da República aos espectadores de sua transmissão.

 

 


PUBLICIDADE



 

“Não seja irresponsável como o presidente. Se você estiver saudável não vá a um hospital de campanha para verificar a lotação. Não se exponha desnecessariamente ao vírus, não atrapalhe os profissionais de saúde e não incomode os pacientes”, reagiu João Amoêdo na sexta-feira (12) em sua página pessoal no Twitter. Após o pedido do presidente, um hospital foi invadido no Rio de Janeiro.

Na tarde da mesma sexta-feira, um grupo de cerca de seis pessoas invadiu uma ala restrita a médicos e pacientes no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, na Zona Norte do Rio de Janeiro. De acordo com o jornal Extra, os invasores seriam familiares de uma vítima fatal do coronavírus na unidade que exigiam verificar se os leitos estavam realmente ocupados. [2]

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.