fbpx
PUBLICIDADE


‘Povo armado jamais será escravizado’, sustenta Bolsonaro em vídeo de reunião

Presidente pontuou na reunião divulgada por ordem do Supremo Tribunal Federal que o armamento da população pode evitar o povo ser dominado por um regime ditatorial

- Publicado no dia
Foto: Marcos Corrêa/PR
Foto: Marcos Corrêa/PR

No vídeo da reunião do dia 22 de abril divulgado na tarde desta sexta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro defendeu de forma enfática o armamento civil.

“Eu quero todo mundo armado, porque povo armado jamais será escravizado. Quero escancarar a questão do armamento”, disse.

No vídeo, o presidente também classificou o armamento civil como uma forma de defesa da população contra possíveis regimes ditatoriais – que, segundo ele, seriam fáceis de serem implementados no Brasil.


PUBLICIDADE



Repercussão

O vídeo da íntegra da reunião, com exceção à supressão de trechos em que são citados outros países, foi divulgado por determinação do Supremo Tribunal Federal em decorrência do inquérito que investiga possível intervenção política na Polícia Federal para favorecer os interesses pessoais do presidente.

Após a divulgação, Bolsonaro classificou nas redes sociais que o vídeo é “mais uma farsa desmontada” e que não há, no filme, “nenhum indício de interferência na Polícia Federal”.

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.